25/07/14

PILRITEIRO

Crataegus monogyna -  Pilriteiro.

Espontâneo na Península Ibérica, resto da Europa, norte de África e Ásia, pouco exigente em termos de solos, ocorre desde o nível do mar até grandes altitudes.
O fruto vermelho, quando maduro, é comestível  mas não agradável. É no entanto utilizado na confecção de compotas e  vinhos entre outros.
As suas flores e folhas possuem substâncias usadas medicinalmente no tratamento de insuficiência cardíaca e problemas cardiovasculares.
Devido ao seu poder (?), foi considerada na antiguidade como planta indesejada e proibida dentro de casa, por ser contra as uniões monogâmicas. Mais tarde recuperada pelo cristianismo, planta-se no exterior das habitações para afastar os maus espíritos. Com ela se elaborou a coroa de Cristo.

Nikon D300 S, Nikkor 105mm, Micro.
Local: Malhadal- Proença-a-Nova.

5 comentários:

lis disse...

Oi Armindo
Fiquei curiosa e li um pouco mais sobre os 'pilritos', achei muito interessante saber que podem atingir uma idade de 500 anos e seus frutos serviam também de alimento na pré-história,
e que é uma árvore espinhosa usada no preparo dos suplícios daquela época, como citou no seu texto.
No verão os frutos acentuam o vermelho-vivo,tão bem registrado na sua foto.
Está vendo como aprendemos com as postagens assim explicativas?
Obrigada pela sua aula de botânica.
Gostei muito e obrigada também por achar que vou 'apurando' nas fotos, é um bom elogio vindo de um mestre na Arte.
um abraço e bom sábado.

Zilani Célia disse...

OI ARMINDO!
VIM AQUI CONHECER TEU ESPAÇO E VI ESTA FOTO QUE ACHEI LINDA E LI SOBRE ESTE FRUTO DO QUAL NUNCA HAVIA OUVIDO FALAR, INTERESSANTE TUA POSTAGEM.
VOU TE SEGUIR.
ABRÇS
http://zilanicelia.blogspot.com.br/

✿ chica disse...

Que foto linda e adi=orei saber mais sobre ela, que, na verdade, nada conhecia!! Legal!!abraços praianos,chica

Ana Freire disse...

Confesso que desconhecia completamente, Armindo, esta planta, e toda a informação a ela associada que, tão bem, nos transmitiu.
Quanto à foto... beleza e poesia... na forma de uma imagem.
Aproveito para agradecer, mais uma vez, a participação no desafio, com as suas brilhantes respostas, Armindo!
Um óptimo sábado!
Ana

Teca M. Jorge disse...

Delicados frutos e muito atraentes... preciosa imagem, poeta.

Beijo.