15/09/14

MAÇARICO-DE-BICO-DIREITO

Limosa limosa - Maçarico-de-bico-direito.

Nikon D300 S, Nikkor 80/400mm,VR, F:4
Local: Estuário do Tejo.

13/09/14

PAPA-RATOS

Ardeola ralloides -  Papa-ratos.

Nikon D300 S, Nikkor 500mm,VR, F:4
Local: Estuário do Tejo.

02/09/14

LIBÉLULA

Orthetum chrysostigma sp- Ortétrum-de-faixa-branca

Nikon D300S, Nikkor 105mm, Micro.
Local: Ribeira da Isna- Malhadal-Proença-a-Nova.

01/09/14

LOUVA-A-DEUS

Mantis religiosa - Louva-a-Deus

Nikon D300S, Nikkor 105mm, F:2.8, VR, Micro.
Local: No quintal - Proença-a-Nova.

29/08/14

ESCÓLIMO-MACULADO

Scolymus maculatus-  Escólimo-maculado

Nikon D300S, Nikkor 105mm, Micro.
Local: Proença-a-Nova.

27/08/14

LIBELINHA

Platycnemis latipes - Libelinha-branca

Nikon D300S, Nikkor 105mm, Micro
Local: Ribeira da Isna- Proença-a-Nova.

26/08/14

GAFANHOTO-VERDE

Omocestus viridulus - Gafanhoto-verde.
 
                               Amorosamente ao nascer do sol.
Nikon D300S, Nikkor 105mm, F:2.8, VR, Micro.
Local: Malhadal- Proença-a-Nova.

25/08/14

CARDO-DO-COALHO

Cynara cardunculus - Cardo-do-coalho.

Nikon D300S, Nikkor 105mm, Micro.
Local: Proença-a-Nova.

24/08/14

FLAMINGOS

Phoenicopterus ruber - Flamingo.

Nikon D300S, Nikkor 500mm, F:4, VR.
Local: Estuário do Tejo.

04/08/14

GORGULHO

Lixus linearis-  Gorgulho.

Nikon,D300S, Nikkor 105mm, F:2.8, VR, Micro.
Local: Proença-a-Nova.

02/08/14

ORQUIDEA

Serapias cordigera -  Orquidea

Nikon D300, Nikkor 105mm, F:1/2.8, VR, Micro.
Local: Serra da Caramulo.

30/07/14

27/07/14

TECELÃO

Euplectes afer -  Tecelão / Bispo  (Juvenís)

Nikon D300 S, Nikkor 500mm, VR, F:4 + Apoio.
Local: Estuário do Tejo.

25/07/14

PILRITEIRO

Crataegus monogyna -  Pilriteiro.

Espontâneo na Península Ibérica, resto da Europa, norte de África e Ásia, pouco exigente em termos de solos, ocorre desde o nível do mar até grandes altitudes.
O fruto vermelho, quando maduro, é comestível  mas não agradável. É no entanto utilizado na confecção de compotas e  vinhos entre outros.
As suas flores e folhas possuem substâncias usadas medicinalmente no tratamento de insuficiência cardíaca e problemas cardiovasculares.
Devido ao seu poder (?), foi considerada na antiguidade como planta indesejada e proibida dentro de casa, por ser contra as uniões monogâmicas. Mais tarde recuperada pelo cristianismo, planta-se no exterior das habitações para afastar os maus espíritos. Com ela se elaborou a coroa de Cristo.

Nikon D300 S, Nikkor 105mm, Micro.
Local: Malhadal- Proença-a-Nova.

23/07/14

GALINHA - D' ÁGUA

Gallinula chloropus - Galinha-d' água.

Niko D700, Nikkor 500mm, F:4, VR + Tripé + Abrigo
Loca: Rio Caia -Elvas.

22/07/14

TRANQUILIDADE

Família de galeirões.
Talvez pelos tons, ou composição, sinto a calma da imagem como senti na realidade quando a captei.  Força que só a natureza transmite e se imortaliza na nossa mente. Havia uma partilha indescritível. Cada mergulho era era repetido individualmente, cada bocadinho de alimento era partilhado, cada  bater de asas era imitado....harmonia,   tranquilidade.

Nikon D300 S.
Local: Estuário do Tejo.

20/07/14

MAR

Em ti eu vejo ó mar
A força que o destino não domou
Em ti eu vejo ó mar
A força que sempre nos embalou
Em ti eu vejo ó mar
A força que tão longe nos levou
Em ti eu vejo ó mar
O sonho que em tuas ondas se afundou.

Nikon D300S
Local: Carcavelos.

19/07/14

CEGONHA

Ciconia ciconia .Cegonha-branca

Nikon D300 S, Nikkor 500mm  +  Tripé.
Local: Cabo Sardão

18/07/14

O DESPERTAR NO ESTUÁRIO

Quando o sol desponta, o"fervilhar"começa no estuário. É um sem número de diferentes espécies que iniciam as suas actividades diárias executando rotinas individuais e de conjunto, numa azafama quase milimétrica e respeitadora. É a natureza no seu estado natural e harmonioso, garantindo a sobrevivência das espécies, bem assim uma  maior biodiversidade e consequentemente uma melhor e mais equilibrada qualidade de vida.   .......

Nikon D300 S, Nikkor 500mm, F:4, VR.
Local: Estuário do Tejo.

16/07/14

BICHO-PAU

Leptynia hispanica - Bicho-pau-

Quando era miúdo este foi um dos insectos que achava mais estranho e quase punha em causa a sua existência como um ser vivo . A nada se devia em especial, a não ser a sua forma tão esguia, onde me parecia não caber nem um pequenino coração. Anos mais tarde, muitos, lá estava um na mesma zona de antigamente, a provar-me que afinal a natureza é "sábia" e a espécie tem resistido, mesmo aos pesticidas.

Nikon D300 S
Local: Proença-a-Nova.

15/07/14

O DORMITÓRIO

Grus grus -  Grou (s).

Ao final do dia, ruidosamente e em grupo deslocam-se para o dormitório.
É um cenário digno de ser visto e vivido.