29/02/08

LUGRE ( Fêmea )


Carduelis Spinus

Dados: Nikon D300 ; Dist. focal 400mm ; Tempo exp. 1/500 ; Diaf. f/9.0 ; ISO 200.
Local: Vouzela

24/02/08

INTIMIDAÇÃO


Verdilhão (Carduelis chloris)

Dados: Nikon D300 ; Dist. focal 400mm ; Tempo exp. 1/1000 ; Diaf. f/8.0 ; ISO 400.
Local: Vouzela

CHAMARIZ

Serinus serinus -

Fringilídeo originário do Mediterrâneo, desde o século XIX tem-se expandindo, habitando hoje uma vasta zona que vái até norte da Escandinávia, Turquia, Rússia e Bielorrússia. Gregário, é frequente deslocar-se em grupo e alimentar-se de sementes junto ao solo. O macho, mais amarelo que a fêmea, apresenta variável quantidade de malhas castanho/preto, dispersas pelo corpo. O ninho é feito pela fêmea que contráriamente a outras canóras não retira os excrementos das crias que se vão amontoando na beira do ninho, sinal típico da sua presença. Nos últimos anos têm-se mantido nos locais de reprodução durante todo o ano, pelo que o seu número tem aumentado bastante.

22/02/08

BESOURO I

Polyphyla Fullo :
Besouro dos pinheiros, como normalmente é conhecido, habitante do Sul e Centro da Europa, mede entre 25 e 30 mm. O macho distingue-se da fêmea pelo tamanho maior das antenas e pela forma ruidosa e estridente com que se anuncia. Aparece no principio da Primavera, normalmente junto a pinhais, alimentando-se das suas folhas.

BESOURO II

Polyphyla Fullo-

Dados. Nikon D300 ; Dist. focal 105mm macro .
Local. Quinta do Conde - Sesimbra.

21/02/08

CHAPIM AZUL

Parus Caeruleus-

Dados: Nikon D300 ; Dist. focal 400mm ; ISO 200 ; Tripé
Local: Vouzela

17/02/08

FUNGOS I

Surpresa! ... Numa das zonas mais movimentadas de Lisboa, num tronco cortado, em perfeita harmonia... (fica o registo)

Local: Av. de Roma - Lisboa

FUNGOS II

Local: Av. de Roma- Lisboa

16/02/08

PISCO de PEITO RUIVO

Erithacus Rubecula


Dados: Nikon D300 ; Dist. focal 400mm ; Tempo exp. 1/30 ; Diaf. f/9,0 ; ISO 200 ; Comp. exp. -0,67 ; Tripé
Local: Vouzela

LUTA

Lugre (Carduelis spinus) / Verdilhão (Carduelis chloris)

Dados: Nikon D300 ; Dist. focal 250 ; Tempo exp. 1/1000 ; Diaf. f/8.0 ; ISO 400 ; Comp. exp. -0,67 ; Tripé

Local: Vouzela

CHAPIM REAL ( Parus Major )

Dados: Nikon D300 ; Dist. focal 400mm ; Tempo exp. 1/800 ; Diaf. f/8.0 ;ISO 400 ; Comp. exp. -0,33 ; Tripé
Local: Vouzela

14/02/08

CHAPIM AZUL - Parus caeruleus

Dados técnicos: Dist. focal 400mm ; Tempo exp. 1/100 ; Diaf. f/9,0 ; ISO 200 ; Comp. exp. 0,33 ; Tripé
Local: Vouzela

LUGRE - Carduelis spinus


Dados técnicos: Nikon D300 ; Dist. focal 400mm ; Tempo exp. 1/800 ; Diaf. f/8.0 ;ISO 200 ; Comp. exp. 0,33 ; Tripé
Local: Vouzela

06/02/08

CONVERGÊNCIA

Info.: Nikon D200 ; Dist.focal 112mm ; Temp. exp. 1/4 ; Diaf. f/22 ; ISO 100 ; Tripé
( Velocidade muito lenta e movimento "zooming" para provocar efeito de arrasto)

Local: Serra do Gerês

05/02/08

GROSELHA (vermelha)

Planta arbustiva da família das euforbiáceas (Phillantus distichus), cujos frutos em forma de cachos são constituídos por bagas encarnadas. Pouco conhecido, o seu sabor é divulgado essencialmente através de bebidas-xaropes, compotas, molhos e ornamento de bolos.

Recolha: Proença-a-Nova

DONZELINHA

Damselfy ( Zygoptera )

Pertencendo à mesma ordem (Odonata) e embora muito semelhantes as libélulas (Anisopteras) diferem das damselfies (Zygoptera) em diversas caracteristicas. As libélulas são mais robustas e em repouso colocam as asas perpendiculares ao corpo, emquanto que as donzelinhas as colocam sobre o abdomen ou alinhadas com o mesmo. Os olhos das libélulas ocupam uma grande parte da cabeça e quase se tocam, enquanto na donzelinha existe um espaço entre eles.
Recolha: Ribeira da Isna - Malhadal (Poença-a-Nova)

Borboleta branca

Pieris brassicaes:
Vulgarmente conhecida por borboleta da couve, é uma das mais correntes em Portugal e devido ao seu elevado número chega a considerar-se praga em algumas plantacões de crucíferas. Aparece no princípio da Primavera e mantem-se até aos primeiros frios de Outono. É a maior das nossas borboletas brancas, facilmente identificável tanto pelo tamanho como pela mancha escura na asa anterior.
Dados: Nikon D200
Recolha:Proença-a-Nova

01/02/08

SEMENTES

Sementes de Loendro - Bonitas mas tóxicas!...

Dados: Nikon D300 ; Dist. focal 105mm macro ; Tempo exp. 1/1250 ; Diaf. f:8.0 ; ISO 400

Local: Proença-a-Nova.