23/02/13

VULNERABILIDADE

No limite urbano, lá estava, vulnerável, na margem do caminho. Chamou-me a atenção por ser parecida com uma "erva da fortuna", mas com flor azul, que nunca tinha visto.

Nikon D700, Nikkor 105 mm,F:2.8, VR, Micro.
Local: Quinta da Bela Vista- Oeiras.

7 comentários:

lis disse...

Ah sim conheço esse 'matinho' que floresce pelos caminhos_ é minúscula a flor e bem delicada.
Bom também se tivesse dado um 'close' nela rs
Uma flor rara ,azul-violeta.
Passa um bom fim de semana tà?
abraço

Maria de Sousa Pinto disse...

Não era a erva da fortuna, porém teve a fortuna de encontrar alguém sensível à sua vulnerabilidade!...

teca disse...

Pequena e de grande efeito! Sombras e luzes que se encontram na beleza de um olhar...

Beijo carinhoso.

Ana Bailune disse...

Também conheço esse 'matinho!'

Monique et Daniel disse...

Magnifique, superbe observation!

Lilá(s) disse...

Aqui está a prova de que muitas vezes a beleza está nas coisas simples, é linda!
Bjs

Elisa T. Campos disse...

Sua sensibilidade conseguiu captar o instante exato de clicar. Luz e sombra momentos fugidios na arte de fotografar.