10/09/10

BORBOLETA COBRE


Lycaena phlaeas- (Vista interior e exterior das asas)
Nikon; Nikkor 105 mm, VR, Micro.
Local: Proença-a-Nova.

10 comentários:

Paula Barros disse...

Ah, borboletas tão lindas. Toda vez fico com vontade de escrever algo para as borboletas. Mas também sinto vontade para os pássaros.

Pedi licença a Libelinha para elogiar as borboletas. rsrs

Quando era criança via mais borboletas, aqui tem sido raro vê-las. Tem uma amarelinha no meu trabalho que sempre brinca por lá.

E agora vou deitar, com esta imagem.

Paula Barros disse...

Borboleta Cobre

Cobre com as tuas asas
Os meus sonhos
Vou deitar
Vou dormir
Quero ter asas logo mais

Pousa nos meus pensamentos
Com esta leveza e beleza
Uma delicadeza ímpar

São tantas cores que te cobre
Oh, Borboleta Cobre
Ilumina de fios de cobre as minhas asas
Para serem maleáveis e condutoras de boas energias
E serei rara feito és tu


Armindo, já ia, e então saiu algo para a Borboleta Cobre.

abraço!

teca disse...

Quanto suavidade... me encantam as fotos...

Beijos ternos.

tossan disse...

Esta combina com você: O que você contempla, você congela com a sua técnica, sensibilidade e transmite a parte poética da natureza sem precisar das palavras.

Paula Barros disse...

Armindo, uma vez você me disse que poderia usar suas fotos, vou levar as borboletas. Cuidarei delas com carinho. rsrs
Espero que não tenha problemas. E se tiver é só dizer.

abraço, bom dia!

Monique et Daniel disse...

Très beau papillon, qui est très attachant...
très belles photos !

Tatiana disse...

A riqueza da natureza fica ainda mais encantada com a sua arte.

Um abraço carinhoso

OBS: Fiquei maravilhada com os bons sentimentos que essas imagens despertaram no coração da Paula.

Dupla perfeita!

lis disse...

Belíssimas Armindo
Um registro de artista. Parabéns.
Estou esperando mais rs
boa semana

▒▓█► JOTA ENE disse...

ººº
Adoro borboletas e como são tão dificeis de fotografá-las.

Belas fotos.

Armindo C. Alves disse...

Paula
Se os vossos comentários já por si, independentemente do que digam, são uma mais valia, agora pense a Paula, o elogio que pode representar um poema fruto da interpretação de uma fotografia que tive a sorte de tirar e publicar.
Agradeço a simpatia, ao mesmo tempo que a felicito pela forma como escreve a beleza dos seus sonhos.

Há dois anos, quando iniciei este blog eu dizia - Se conseguir sensibilizar alguém na protecção da natureza, já valia a pena.

Felizmente que para além de ter valido a pena,a avaliar pelas vossas presenças, também foi muito importante na troca de conhecimentos, novos temas e idéias, mas especialmente pela criação de novos e valorosos amigos.

A todos o meu agradecimento.