30/06/15

CAUDA-DE-ANDORINHA

Papilio machaon - Cauda-de-andorinha.

Nikon D300 S ; Nikkor 105mm, Micro.
Local: Proença-a-Nova

6 comentários:

✿ chica disse...

Que foto maravilhosa!Adorei! abraços,chica

Ana Freire disse...

É só mesmo por causa desta e doutras... fotos como esta... que eu perdoo ao Armindo, as ausências prolongadas... ;-))
Uma foto maravilhosa destas, é mesmo para desarmar toda a gente...
É que ninguém consegue dizer nada.... de queixo caído!...
Bom tê-lo de volta!
Abraço
Ana

Armindo C. Alves disse...

À Ana Freire, Chica, e Lis (as minhas mais fiéis "seguidoras"),mas a todos em geral, eu quero pedir imensa desculpa, não só pela irregularidade na publicação de imagens, mas também pela falta de visitas e comentários nas vossas partilhas.
Atingi um elevado estado de saturação, pouco saia e menos fotografava, tudo me parecia muito aquém do desejado.
Ultrapassada a "fase", até porque não há metas a cumprir, cá estou de novo pronto a partilhar e viver convosco o prazer da fotografia, da escrita e das ideias.

lis disse...

Já sabes que amo essas borboletas beijando as flores e se alimentando do mel que esse colorido contém.
Mas gosto de repetir que são lindas ,principalmente se clicadas pelas lentes do Armindo,
_ que também não precisa se desculpar _ já é sabido e notório que mesmo com uma linguagem sempre tão peculiar, gosta de silenciar e deixar seus amigos saudosos.
Já perdoamos faz tempo ... rs
abraços e obrigada

Ana Freire disse...

Eu acho que o aquém do desejado do Armindo... sempre estará muito além.... mas muito para lá, de além mesmo... de qualquer coisa, que eu já tenha fotografado... ;-))
Como muito bem diz a Lis... as ausências do Armindo, estão mais que perdoadas...
Abraço!
Ana

Teca M. Jorge disse...

O tão admirado poeta... também tenho meus momentos de reclusão...
Um beijo e uma flor.