04/02/15

SOLIDÃO

Quando tu partes, faz-se Outono e as folhas caem...

6 comentários:

Fátima Mendes disse...

Cores e grafismos belíssimos!

Teca M. Jorge disse...

Uma bela comparação... amei!

Beijo, poeta.

✿ chica disse...

Beleza de foto e palavras! abraços,chica

Luciah López disse...

LINDO! abçs (poeta??)

lis disse...

Diz outro poeta que 'ser folha nem sempre é estar para o sol'
_ ironia é embelezar-se para depois morrer...
obrigada Armindo,a solidão fica mais doce diante desse colorido.
Estou quase voltando pra cá.

Ana Freire disse...

Belíssima comparação... se a atribuirmos à partida de alguém... ou à partida do Verão...
Mas o Outono da vida, ou o Outono do calendário, sempre nos compensam, de alguma forma...
O primeiro brinda-nos, com recordações...
O segundo, presenteia-nos com belas folhas, em tons de fogo e mel, que nos aconchegam a alma, para mantermos acesa, a secreta esperança, de que melhores dias virão...
Lindíssima a foto, para mostrar, tal conceito...
Abraço
Ana