11/04/11

LAGARTO-DE-ÁGUA

Lacerta Schreiberi- Endémico da Península Ibérica, ocorre habitualmente no norte do país, em zonas húmidas de montanha, junto de cursos de água, orlados por vegetação densa, preferencialmente composta de vidoeiros, amieiros e carvalhos. Compleição robusta, pode atingir cerca de 13 centimetros, corpo e cabeça, apresenta cauda bastante comprida, podendo duplicar o tamanho do corpo. Com cor variável, apresenta tons dorsais entre o esverdeado e amarelado, fortemente pigmentado de preto e peito amarelo. Garganta e cabeça destacadamente azul na época da reprodução. O acasalamento verifica-se na Primavera entre os meses de Abril e Julho, com posturas de 6-17 ovos, que eclodem até cerca de 3 meses de incobação. A maturidade sexual é atingida por volta dos 3-4 anos de idade, para um total que se prevê seja de oito. Devido á agricultura, compostos químicos e invasão de habitat, encontra-se em perigo de extinção. ************************************* Nikon D300 S, Nikkor 500 mm, Pulso. Local: Pitões das Junias- Parque Nac. Peneda Gerês.

4 comentários:

Lis disse...

Bem simpático Armindo mas nao faz muito o meu gênero
esse olhar ... mais que profundo parece um aviso !
impressiona também a cor azul como pintura de crianças ... rs
não é assim que criança começa na arte da pintura?
cada parte do corpo uma cor! rsrs
Bom click Armindo

fica o abraço de lagarto , de beeeem longe ... rs

Cris disse...

Un colorido impactante! (no pasará desapercibido).
Pobres animalillos y pobres de nosotros...
Abrazos Armindo

Cristina

Noemi disse...

Que colores mas bonitos! nunca habia visto algo asi...

Besos!

teca disse...

De um colorido impressionante!