16/04/11

ALVÉOLA-AMARELA


Motacilla iberiae- Alvéola-amarela (Macho: Sub espécie frequente na Peninsula Ibérica e Sul de França.)

Nikon, Nikkor 500 mm.

Local: Estuário do Tejo.

7 comentários:

Sérgio Pontes disse...

É uma ave muito gira =)

Gosto daqui vir, porque os passarinho são sempre super coloridos =)

Monique et Daniel disse...

Très belle et bien déclenché au bon moment!
Bon week end!

Cris disse...

Que lindos ambos Armindo, tanto el cantor como el equilibrista.
Tu siempre consiguiendo imágenes sugerentes y bellas. Que maestro!.
Un abrazo
Cristina

Juliêta Barbosa disse...

Armindo,

Senti saudades da delicadeza do teu olhar, por isso voltei.

"Peneireiro-Vulgar" é a imagem da nostalgia. Convida - nos a entrar em contato com as nossas saudades esquecidas... Combina com a despedida do outono e com o inverno que se avizinha. Tempos de recolhimento interior. Parabéns! No teu olhar as palavras silenciam e a poesia se espalha em imagens e cores deslumbrantes. Bjs

teca disse...

Que lindinho... o equilibrista soltando a voz...

Um beijo, querido.

Lis disse...

oi Armindo
Quando vem essa sensação de ter asas fica mais difícil conseguir pôr-se de pé...
é assim se vejo seus pássaros ,
os que dormem em mim costumam acordar rsrs
estão lindos
um dia ainda consigo fotográfa-los.

abraço

Paula Barros disse...

Que momento fantástico este da primeira foto, o bico aberto...lindo!

beijo