08/03/11

FLOR CAMPESTRE



Três angulos diferentes de fotografar a mesma flor.
Nikon, Nikkor 105 mm, Macro.
Local: Serra de Sintra.

7 comentários:

Paula Barros disse...

O ângulo para olhar, para fotografar, a forma de olhar, tudo faz a diferença. Você consegue fazer diferente, e fazer a diferença.

Parabéns!!

abraço com carinho.

Lis disse...

Armindo
Drumonnd de Andrade o poeta disse bem : " A Natureza nao faz milagres, faz revelação."
... e o fotógrafo é o testemunho com seu olhar mágico.
Bela pintura verde e amarela ,meu mestre.
como boa aluna vou prestando atenção rs

e deixando os abraços

teca disse...

Ahhhhhhhhhhh... de admiração! (fiquei sem ar...)

Um beijo imenso!

epee disse...

E há além do foco, a luz. Importando-se com o efeito, e contra-efeito, do olhar.
¬

ruimnm disse...

é preciso rastejar... ;)

a primeira, parece mesmo o sol.

excelentes.

Cris disse...

Algo así solo puede ser posible tras infinidad de momentos de exhaustiva dedicación y contemplación maravillada. Siempre un poco más allá.... Armindo.
Tu "poesía" se sentirá feliz de que alguien como tú le lleve de la mano en el conocimiento de nuestra tierra viva.
Que belleza!
Beijos
Cristina

Marco Ferreira disse...

Estão todas muito bonitas, mas gosto particularmente da 1ª, devido ao ângulo que foi tirada...