04/02/11

PARDAIS


De cima para baixo:
Passer domesticus- Pardal-comum.
Passer hispaniolensis- Pardal-espanhol.
Nikon; Nikkor 500 mm + Conversor 1.7 + Viatura.
Local: Estuário do Tejo.

3 comentários:

Lis disse...

Com asas emprestadas,
as vezes ... "nao saio do lugar mas cruzo o oceano "
São fofos os pardais!
continuo insistindo em perseguir os passarinhos que fogem ao mínimo olhar... vê lá que nota voce dá naquele pequenino que cliquei , de longe.
Nada que pareça com esse do Armindo! sempre esplêndido.
saudade ,
abraços de bom sábado

epee disse...

Não sei se preciso conhecer a espécie para aprender a admirá-la como merece. Mas também sei que conhecimento nunca é demais e agradeço as informações que complementam o 'olhar', que como o meu, não é curioso.

Às vezes a paisagem sugere e quase
implora para ser registrada. Às vezes, só à vezes e sempre dependentes do "OLHAR" de quem a vê, e as sente, porque a "Terra' é 'Viva".




¬
Bom fim de semana.

Cris disse...

Los gorriones son encantadores y especialmente comunes.
Me gusta observarlos en el parque y mucho más en tus imágenes :).
Un abrazo con mi cariño
Cristina