01/12/10

GROU-COMUM II


Grus grus- Impressionante ao fim do dia o regresso ao dormitório de milhares de grous.
NIKON; Nikkor 500 MM, VR.
Local: Alentejo.

6 comentários:

Tiago Batista disse...

Foi esta gente q o Armindo veio fotografar para o Alentejo..muito bem!
No sábado vou eu participar em mais um dos censos de grous promovidos pelo CEAI.
=)

Armindo C. Alves disse...

TIAGO
Adorei a forma como te dirigiste aos grous, tratando-os de "esta gente".
De facto a única grande diferença que encontrei, foi que eu tinha máquina fotográfica e eles não.

Grande abraço

Lis disse...

Fim de tarde poética, Armindo
o sabor do regresso , o ninho .
serenidade, é a casa.
uma delícia voltar também aqui na "sua casa" ,sempre acolhedora , singela.
obrigada.

Gostei muito do complemento ao poema da lis rs aos poetas meu carinho

Juliêta Barbosa disse...

Armindo,

O espaço aéreo e a terra dando um show de beleza e deslumbramento, por meio do olhar do poeta.

A gente chega a sentir o cheiro da terra nos Tons do Alentejo. Parabéns!

Cris disse...

Yo no he llegado nunca a contemplar esta maravillosa visión. Cerca de Zaragoza (unos 100 Km ) está la laguna de Gallocanta, lugar de parada de las grullas, un paraje de calma y silencio precioso. Pero cuando yo he ido ellas no estaban jje.
Cada día te visito para ver las nuevas imagenes o volver a admirar las anteriores.
Beijos
Cristina

Joaquim Rodrigues Martins disse...

Foi sem dúvida uma visão fantástica, ver aquelas aves todas no ar, uma experiencia a repetir algum dia, boas fotos e um abraço.