07/05/10

T G V

Lagarta (Pieris brassicae) da Borboleta da couve.
Nikon; Nikkor 105 mm.
Local: Proença-a-Nova.

7 comentários:

lis disse...

Armmindo
Esse estágio é o que mais compromete as plantações , não agrada aos agricultores rs Daí crisálida e depois borboleta, frágil e fugáz.
Comparo as lagartas aos segredos que quando revelados podem durar tanto quanto a vida das borboletas,porem são intensas, lindas , nao rastejam e voam sobre os campos beijando as flores.
Vale a pena esperar.
Um bom final de semana pra voce e familia.
abraços

Cris disse...

Esta foto me ha sorprendido. Ja,ja
Muy buena.
Un saludo
Cristina

ruimnm disse...

Espectacular ponto de focagem e composição. Um TGV à sua medida.

calata disse...

una vez más he recorrido y disfrutado con tus últimas fotografías publicadas aquí en tu blog. Pausa es increible, sencilla y elegante, lo más dificil quizás.

un abrazo

george disse...

Pedazo enfoque selectivo, una macro extrema.
Un abrazo

Miguel Almeida disse...

...e na ordem do dia, parece que não compromete só as plantações!!

excelente enquadramento.

Javier disse...

Qué placer tan inmenso disfrutar de las naturaleza de la mano de tus maravillosas fotografías. Nos muestras detalles que producen sensaciones realmente gratas. A mí personalmente me tienen impresionado.

Saludos