13/04/14

ÁGUA- TEXTURA E CORES

Em cada momento se renovando na forma e na cor, não há obstáculo que a impeça de seguir o seu rumo.
             (Ribeira da Isna; Ribeira da Isna; Ribeira da Sertã)

Nikon D300S, Nikkor 105mm, F:2.8.
Local: Proença-a-Nova; Sertã.

5 comentários:

teca disse...

Ufffffffffffffff... um espetáculo!!!
Dizer mais o quê?

Beijo, poeta, e uma flor.

Ana Freire disse...

Três fotos absolutamente maravilhosas, mostrando a Natureza na sua essência, Armindo!
A primeira, então está absolutamente excepcional... parece quase uma pintura de Monet...
Deveras inspiradora... pela calma e harmonia que invoca.
Obrigada pela partilha de momentos, tão únicos, e de lugares, tão especiais.
Um abraço
Ana

lis disse...

Bom demais registrar as belezas que temos e compartilhar com os amigos distantes,
Obrigada Armindo pelo prazer da sua amizade,
Mágicas cascatas e abençoadas mãos que disparam o click, perpetuando-as,
abraço

Anónimo disse...

J'aime le graphisme que nous offre ces paysages, j'ai beaucoup d'admiration pour vos photos et c'est un vrai bonheur de venir visiter votre blog ! bonne journée !

Lilá(s) disse...

Essa ribeira também me tem proporcionado belas fotos e momentos únicos.
Bjs