12/02/12

DELÍRIO (de cores) !

No abrigo, olhando à distância, enquanto a espera se prolonga.

Nikon, Nikkor 500 mm, VR.
Local: Douro Internacional.

2 comentários:

lis disse...

Também os poetas tem sua terapia floral:
“Sede assim – qualquer coisa
sereno, isento, fiel.
Flor que se cumpre, sem pergunta...“
Voce as colheu lindamente Armindo
À distância .
E eu fico a contemplá-las.

teca disse...

Delicadezas que encantam... lindinhas, Armindo!!!!

Beijo afetuoso.