30/07/11

VER(DE) MAR. . .

 Em cada movimento o mar se renova e surpreende.
Mensageiro violento, indomável e ruidoso, logo calmo, romântico e misterioso... de mil cores pintado.

Nikon D300, Nikkor 80/400 mm (Dist. focal 400 mm).
Local: Carcavelos.

7 comentários:

Paula Barros disse...

Armindo, adoro o mar. Sua foto belíssima.
Mas hoje especialmente é dia de observar e sentir a filosofia das suas sábias palavras.

Obrigada por tanta beleza e sabedoria.

beijo

Cris disse...

He llamado al mar y este ha llegado.
Que agradable empatía!.

El mar .. cúmulo de sensaciones, experiencias y vida.
Siempre cambiante y a la vez semejante.
Movimiento continuo que estremece.

Una vista clara y luminosa que nos acerca el aroma a sal.


Beijos querido Armindo

Cristina

teca disse...

Se não é um estouro expressivo aos olhos de quem passa, é um sereno horizonte ao longo da vista.

Que foto mais rica!
Um beijo.

tossan® disse...

O teu mar é fantástico! E tudo mais que fotografas. Vi poesia aqui. Abraço

Noemi disse...

Muy bonita!!!

Lis disse...

O mar que vejo inspira a esvaziar-se, evocar memórias e deixar que elas se avolumem como ondas .
Dizerm que é a Arte que revela nossa alma. Pode ser , voce anda com a alma linda demais!parabéns.

CarlaSofia disse...

belíssima captação, o jogo de cores está fantástico