17/06/11

ANDORINHAS

Hirundo  rustica- Andorinha-das-Chaminés (A última é adulto).
  O "passeio" ao Estuário do Tejo continua ainda a ser uma escolha compensadora e reconfortante. Reconfortante para a vista e em especial para o espírito.
 Local priviligiado , onde as espécies vivem em estado selvagem, não obstante a proximidade com a civilização (?).
 Durante algum tempo fixei-me num grupo de andorinhas, ainda juvenis, cujo espectáculo não transcrevo aqui, para não ser maçador.
Discretamente, sentado no jeep, com suave música de fundo, as cenas a que assisti, chegavam a ser comoventes. Disciplina, ordem, respeito e alegria, na recíproca ternura da troca de olhares entre pais e filhos.
Bom, por aqui me fico. Muito a aprender, e, imitar.

Nikon, Nikkor 500 mm, VR + Apoio de janela.
Local: Estuário do Tejo.

7 comentários:

Fernando Borracha disse...

Realmente são fantásticas, também eu me delicio a vê-las voar quase acrobaticamente por entre as gentes das ruas da minha cidade... Parabéns pelas fotos..!!

valquiria disse...

Lindo, pude ver e sentir.

obrigada,
bom fim de semana.



abraço.

Linda Lourenço disse...

Magnifico Armindo pelas andorinhas e descrição.Parabéns,

Abraços e um bom fim de semana

Linda

teca disse...

Ah... você é poético, sonhador e um fotógrafo dos céus!
Que beleza! Com certeza um momento imperdível! A segunda foto está um primor!
E que delícia de sequência a primeira da série... hum... fotografando de costas e um pouso triunfal, na terceira e na quarta.
Armindo... eu prefiro admirar... minhas palavras se perdem, ficam supérfluas...
Um beijo imenso, querido!
Felicidades.

Paula Barros disse...

Se são lindos os momentos que você registra, melhor ainda saber um pouco destes momentos, da emoção, e ficar imaginando a sua atenção, o seu olhar atento, a sua escuta da natureza..

Pude sentir o olhar e a escuta atenta, a forma de observar.

abraço

Sérgio Pontes disse...

Gosto imenso de ver as Andorinha, sempre tive ideia que elas são enormes lutadoras, afinal migram milhares de quilómetros todos os anos !

Monique et Daniel disse...

Adorables ces jeunes hirondelles!
et encore une fois très belle lumière !