18/10/09

PERIQUITO-RABIJUNCO



Ordem: Psittaciformes / Família: Psittacidae / Espécie:Psittacula krameri.

Periquito-rabijunco ou Periquito-de-colar-rosa
Verde, com bico vermelho em forma de gancho, com penas centrais da cauda muito estreitas e compridas, secundadas por coberturas infracaudais claras e bem visíveis, asas inclinadas para trás quando voa, exibe um porte esbelto e aerodinâmico inconfundíveis.
O macho distingue-se da fêmea por apresentar um colar , preto à frente e rosado na parte superior do pescoço.
Originário de África e Ásia, terá sido introduzido na Europa, a partir de Inglaterra, em fins do século XX. Em Portugal os primeiros casais terão surgido por volta dos anos 70. Residente, bem sucedido, tem especialmente em Oeiras e Lisboa o seu paraíso com colónias de várias dezenas de exemplares.
Habituado ao movimento das cidades, co-habita com facílidade e alegremente vai soltando o seu piar, fortemente estridente. Frequenta parques e jardins, onde a variedade de árvores tropicais garantem a alimentação, bem como os locais ideais para a construção dos ninhos e procriação
Entre o fim do Inverno e Princípio do Verão faz uma postura de 3-4 ovos que a fêmea incuba durante 25-28 dias. Primeiro voo com ceca de 55-60 dias.
A alimentação é à base de frutas e sementes.
Nikon, Nikkor 80-400 mm.
Local: Oeiras

1 comentário:

.Lis disse...

Lindos periquitos e quase sempre tem cores fortes bem brasileiras.Temos por qaui também , de várias espécies e são bem domesticos.Gosto muito.